O melhor da Internet você encontra aqui!

Brasil Resorts Online

Autor: Rosana Page 1 of 2

Impotência sexual pode causar depressão?

Temida por todos os homens, a impotência sexual, ou disfunção erétil, é a incapacidade do homem em manter uma ereção satisfatória para o ato sexual, cujo problema afeta metade do público masculino, ao menos, uma vez na vida.

Apesar de ser um problema muito comum, no entanto, é raro o homem que admite já ter passado pelo problema.

O fato é que falhar não é nenhum fim do mundo, até porque, é preciso saber que ter dificuldades eventuais de ereção não significa ser impotente sexual, e se for, não é preciso se desesperar, pois atualmente já existem diferentes tratamentos, para todos os graus de impotência, Sildenax é uma ótima opção de tratamento natural.

Como Diagnosticar impotência sexual?

Primeiramente, vale saber que só pode ser considerada impotência sexual quando o homem não consegue manter a ereção de forma recorrente, em cerca de 75% das tentativas de ter uma relação.

De acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde) nada menos que 30% dos homens do mundo inteiro sofrem de impotência sexual em algum nível.

Apesar de todo o tabu existente por aqui, calcula-se que, no Brasil, mais de 25 milhões de homens com mais de 18 anos tenham algum grau de impotência.

Os dados são ainda mais alarmantes quando se sabe que de acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, surgem mais de um milhão de novos casos a cada ano.

Causas da impotência

A impotência sexual é mais comum a partir dos 40 anos, embora os jovens também possam apresentar o problema.

Muitas podem ser as causas do problema, desde físicas (diabetes, arteriosclerose, pressão alta, cirurgias, doenças nervosas, desequilíbrios hormonais, excesso de álcool) e psicológicas (ansiedade, stress, depressão).

Autoestima

Infelizmente, por vergonha, já que o assunto ainda é um tabu entre os homens, muitos homens ainda relutam em procurar ajuda profissional, geralmente, só buscam ajuda após quatro anos do início do problema.

O fato é que mesmo aqueles casos mais brandos já conseguem causar insegurança, abalando a confiança e a autoestima, e os casos mais graves fazem um estrago ainda maior na qualidade de vida dos homens, muitas vezes levando à depressão.

Por isso, para evitar que venha a sofre de depressão, não deixe de procurar ajuda médica assim que perceber os primeiros sintomas.

Como funciona a ereção

O funcionamento da ereção não tem mistério, só é preciso que o  homem receba algum estímulo para que o pênis fique imediatamente ereto. Muitas vezes, até, a ereção acontece de forma involuntária, como as ereções noturnas durante o sono ou as matinais, assim que o homem acorda.

Pois bem, o fato é que, apesar de ser simples, para o perfeito funcionamento da ereção, é necessário que haja uma sequência de ações dos sistemas vascular, nervoso e hormonal, com o corpo cavernoso se enchendo de sangue e promovendo a ereção, e quando esse sangue retorna para a circulação geral, o órgão sexual volta a ficar flácido.

Então, quando há qualquer desarmonia no mecanismo de funcionamento, ocorre a impotência sexual.

É preciso ter em mente que sexo é vida, interferindo diretamente nas relações e  na qualidade de vida, sendo uma das principais causas de depressão.

Por isso, é fundamental ficar atento para qualquer problema de ereção, lembrando que quanto antes procurar ajuda, mais chances terá de recuperar a autoestima e sua vida sexual.

Dicas Para Emagrecer Fazendo Caminhada

Emagrecer com caminhada é a mais recente descoberta de milhares de pessoas que não gostam de malhar em academias, nem fazer corridas, ou outros tipos de exercícios aeróbicos.

Algumas pessoas não podem fazer exercícios mais puxados, devido a restrições médicas, e nem por isso precisam ficar completamente ociosas, inclusive exercícios muitas vezes são indicados para pessoas que estão se recuperando de cirurgias, ou problemas do coração.

Porém, se você possui algum tipo de restrição médica sempre é importante consultar seu médico antes de começar um programa de exercícios mais puxado, mas a caminhada dificilmente será desencorajada.

Como muita gente sabe, para ter um corpo saudável é preciso estar com a mente saudável também, caminhar ajudará a eliminar a carga de pensamentos negativos, pois quando começamos a pensar nem vemos o tempo passar e acabamos cobrindo distâncias maiores.

Uma dica que dou além dessas abaixo, é fazer o uso de algum produto natural para emagrecer, e o melhor do momento é o 100 peso, ele é um emagrecedor natural que está ajudando milhares de pessoas na perda de peso.

6 dicas para emagrecer melhor com caminhada

Se você precisa perder os quilos extras, e não quer ficar presa(o) em uma academia, experimente fazer caminhada todos os dias, você verá que os quilos irão embora, e você ainda ficará mais tranquilo e feliz:

1 – Comece devagar

Não queria caminhar 10km logo no primeiro dia. Se você é muito sedentário(a) é importante começar aos poucos, para o corpo se acostumar com a ideia do movimento e também para que seu coração e pulmão possam aumentar a capacidade aos poucos. Comece com voltas no quarteirão e vá aumentando o espaço devagar, isso fará com que você não se canse muito e tenha vontade de parar.

2 – Acompanhe sua evolução

É importante anotar e acompanhar como está indo sua evolução. Tanto na balança quanto no tempo e espaço da caminhada. Somos seres competitivos por natureza, e de repente você pode se ver querendo aumentar mais sua meta, apenas pelo prazer de cumprir distâncias maiores. Existem aplicativos para celular que ajudam a manter sua caminhada sempre em dia.

3 – Escolha locais agradáveis

Nada de querer correr no meio da rua, ou ficar se esbarrando com as pessoas nas calçadas. Escolha um parque, ou algum local que você goste de apreciar a paisagem. O horário da manhã pode ser indicado para começar o dia no pique, e caminhar á noite é bom para ter melhor qualidade de sono, já que o corpo se cansa e pede para descansar mais cedo.

4 – Faça alimentação correta

Não adianta caminhar e depois se empanturrar de coisas gordurosas e calóricas. Consulte um nutricionista para ver um bom plano alimentar para antes e depois da caminhada. Existem alimentos específicos para quem pratica exercícios regularmente. Monte um cardápio que não te deixe passar fome, nem cause estresse mental por restrição de alimentos.

5 – Já é hora de correr?

Muita gente começa caminhando e depois vira adepto da corrida. Mas, cada organismo tem seu tempo de evolução, então antes de começar a correr, consulte o médico para ver as condições cardíacas e um profissional de educação física, para saber qual a melhor maneira de passar da caminhada para a corrida. Os equipamentos mudam, então nada de correr com o mesmo tênis do dia a dia, certo?

6 – Caminhe acompanhado(a)
Quanto estamos com outra pessoa tendemos a nos distrair do caminho e do tempo e acabamos terminando o exercício mais rápido e com mais alegria. Escolha um parceiro(a) de caminhada, e comece agora a se beneficiar dessa prática saudável para emagrecimento.

Caminhar ou Correr?

Se você está em dúvida sobre qual deles fazer, assista o vídeo abaixo:

Perder peso: como perder peso rapidamente

Perder peso, entretanto, não é fácil e todos gostariam de saber como emagrecer rapidamente . Infelizmente, a maioria das dietas para perda de peso que prometem resultados milagrosos geralmente não funcionam. O que fazer então para perder peso?

Se você está procurando perder alguns quilos a mais tão rápido , existem algumas dicas que são realmente eficazes para esse propósito. Essas dicas para perder peso não são truques usuais para fazer as pessoas perderem tempo. Muitos deles, de fato, como veremos, são suportados por estudos científicos.

Antes de explicar como perder peso, porém, gostaria de lhe dar mais conselhos. Se você deseja acelerar o processo da perda de peso, recomendo que use algum produto natural para emagrecer juntamente com as dicas abaixo, e o sibutina funciona muito bem para quem deseja emagrecer de forma mais rápida e eficaz.

Perder peso, como perder peso

Mantenha um diário alimentar

Pesquisas científicas mostram que pessoas que têm um diário alimentar acabam comendo 15% menos do  que aquelas que não têm . Um estudo da Universidade da Carolina do Norte descobriu que as pessoas tendem a consumir calorias extras no fim de semana. Estes são derivados principalmente de álcool e gordura.

Se decidir manter um diário alimentar, será  mais fácil cortar as calorias extras. Spreads , molhos com temperos pesados, bebidas adoçadas, snacks e excesso de álcool. Esses alimentos são certamente a causa contributiva de quilos extras.

Assistir menos televisão

Um estudo com estudantes universitários mostrou os efeitos negativos da televisão na perda de peso . Durante o tempo que passaram na TV, os alunos realmente comeram mais do que quando não estavam assistindo. O conselho é sacrificar algum tempo que geralmente é dedicado à TV e substituí-lo por uma caminhada.

Reduzir açúcares e amidos

Esta é uma simples 3-passo plano para perder peso rápido. O mais importante é reduzir os açúcares e os amidos . Os efeitos deste plano são:

  • Perda de apetite significativamente
  • Perda de peso sem passar fome
  • Metabolismo melhorado

Açúcares e amido são as substâncias que mais estimulam a produção de insulina . Para quem ainda não sabe, a insulina é o principal hormônio responsável pelo ganho de gordura. Esse hormônio, na verdade, lida com o armazenamento de gorduras nos tecidos.

Quando os níveis de insulina caem , as gorduras são liberadas mais facilmente dos depósitos onde residem. Nesse ponto, portanto, o corpo começa a queimar gordura em vez de carboidratos.

Outro benefício de reduzir a insulina é que os rins  são mais capazes de excretar sal e líquidos em excesso. Tudo isso faz com que emagrecer sem sofrimento.

Não é incomum comer dessa forma perder 4 kg por semana . Ao reduzir a insulina, você começará a ingerir menos calorias automaticamente e sem passar fome .

Para resumir tudo, reduzir amidos e açúcares reduz a insulina, reduzindo a insulina queima gordura automaticamente.

Perca peso com pequenas mudanças

Fazer pequenas mudanças nos hábitos alimentares e na atividade física traz resultados surpreendentes. Isso é o que um estudo publicado na revista  Annals of Behavioral Medicine descobriu . Os participantes do estudo conseguiram perder peso de forma mais significativa e sustentável do que com as dietas tradicionais.

Quando nos concentramos em apenas algumas mudanças em nossos hábitos , é mais provável que elas tenham sucesso e durem para sempre. Aqui estão algumas das mudanças no seu estilo de vida para perder peso .

Perca Peso Andando 5 Minutos Mais

5 minutos não é muito. Ainda assim, um estudo piloto conduzido na América mostrou que leva muito pouco tempo de atividade para perder peso rapidamente . Aumentar a atividade física diária em alguns minutos ajuda a perder peso rapidamente.

No final, a meta é caminhar 30 minutos por dia. No entanto, isso não deve ser feito de uma vez, basta adicionar 5 minutos diários de caminhada para poder perder peso . Lembre-se que por focar apenas nessa mudança em um curto espaço de tempo ela se tornará um hábito estabelecido que só trará benefícios .

Substitua os sucos de frutas por uma fruta

Sempre que sentir vontade de beber suco de fruta, coma uma fruta. Se você adquirir esse hábito, vai se sentir mais satisfeito e evitará comer qualquer outra coisa, mas não só. Essa escolha, além de fazer você emagrecer , é uma escolha saudável, boa para o coração e o sistema cardiovascular.

Sono regular faz você perder peso

Se sua pergunta é  como perder peso , esta resposta provavelmente o deixará um pouco perplexo . No entanto, pesquisas conduzidas na Universidade da Pensilvânia mostraram que apenas 2 noites sem dormir podem levar ao ganho de peso imediato .

O estudo analisou um grupo de pessoas que dormia pouco e um grupo que dormia regularmente por 11 dias . Após 11 dias, o grupo de pessoas que dormia pouco engordou 3 quilos em relação às que dormiam regularmente .

 

Mova-se durante os comerciais

Se você está entre aqueles que não podem deixar de assistir à televisão, também pode se beneficiar com esse hábito. O segredo é fazer uma pequena mudança que se tornará um hábito  útil para perder peso.

Sempre que você assistir seus programas favoritos, não mude de programa durante os comerciais . Em vez disso, use esse tempo para fazer algum movimento . Pule, suba e desça escadas, faça flexões, dance e faça outros movimentos que vierem à mente. O importante é que o movimento te deixe sem fôlego .

Esta é uma ótima maneira de perder peso e perder peso de forma despreocupada. Estima-se que este hábito (com base em 2 horas de TV por dia) queima um adicional de 270 calorias . Isso, em teoria, pode se traduzir em uma perda de peso de 28 kg por ano.

Inscreva-se para receber o boletim informativo de perda de peso

Essa escolha também pode parecer estranha para você. Um estudo realizado pela  Kaiser Permanente na Califórnia descobriu que aqueles que receberam e-mails semanais com conselhos sobre como perder peso, na verdade perderam peso .

Inscrever-se para receber o boletim informativo de um bom site que dá dicas de  perda de peso é uma boa idéia. O estudo mostrou que aqueles que recebem regularmente esses e-mails melhoram sua dieta e atividade física . Se ainda não o fez, pode tentar subscrever a newsletter de algum desses sites.

Coma os melhores alimentos

Se você realmente quer perder peso, comece a fazer mudanças em sua dieta agora . Estes são os melhores alimentos para perder peso . Se você ainda não fez isso, introduza-os gradualmente em seus hábitos alimentares. Além de perder peso , sua saúde e vitalidade também serão beneficiadas .

Vegetais  – eles contêm muitos nutrientes e fibras dietéticas que aumentam imediatamente a sensação de saciedade sem pesar. Repolho , couve de Bruxelas , brócolis , repolho e couve são ótimos para perder peso.

Fruta – A fruta, principalmente a vermelha, rica em fibras e antioxidantes, faz bem à saúde e ajuda a emagrecer . Aqui, a lista é muito longa e há muitas opções. O conselho é consumir frutas da estação , assim você aproveitará ao máximo suas propriedades.

Legumes  – São ricos em proteínas e fibras, com baixo consumo de calorias. Feijão, lentilha, grão de bico, favas e ervilhas nunca devem faltar na sua dieta se você quiser perder peso .

Nozes – É rica em nutrientes e possui alto poder saciante. Leva apenas um pouco para se sentir satisfeito. Nozes, sementes de abóbora, sementes de girassol, nozes, amêndoas, castanhas de caju , pistache, amendoim são a forma ideal de pensar na sua saúde e no seu corpo.

Grãos integrais – são ricos em fibras e nutrientes . Eles contêm proteínas, vitaminas B e magnésio. Aqui, também, você tem muitas opções. Amaranto, quinua, aveia, arroz integral, trigo sarraceno etc.

Beba água suficiente

Beber pelo menos 1,5 litro de água por dia ajuda a perder peso . Isso neutraliza o inchaço e a retenção de água . Por beber mais água também pode adquirir o hábito de beber um chá de ervas drenando um dia.

Perca peso com aplicativos

Enfim, para emagrecer , não poderíamos esquecer os inevitáveis aplicativos para smartphones.

As estatísticas mais recentes revelam que aqueles que confiaram em aplicativos para perder peso alcançaram resultados tangíveis.

Como é feito o diagnóstico de Diabetes?

Diabetes é uma doença que acontece pela falta de insulina e/ou pela incapacidade da insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue.

Ou seja, a diabetes acontece porque o pâncreas não consegue produzir insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque este hormônio não consegue agir da forma adequada, com resistência à insulina.

Felizmente, atualmente existem muitas formas de tratamento eficazes para diminuir a quantidade de glicose no sangue, Biomass Caps é um tratamento natural muito eficiente e que tem sendo utilizado por muitas pessoas, podendo até mesmo prevenir que uma “pré-diabetes” venha a se tornar diabetes de fato.

Exames para diagnosticar a diabete

Glicemia de jejum

Glicemia de jejum é um exame para medir o nível de açúcar no seu sangue no momento, servindo para monitorar o tratamento de diabetes. Os valores de referência ficam entre 70 a 99 miligramas de glicose por decilitro de sangue.

Resultados:

  • São considerados anormais, bem próximos ao limite, quando os resultados aparecem entre 100 mg/dL e 125 mg/dL, devendo ser repetidos em uma outra ocasião.
  • Já, quando os valores aparecem acima de 140 mg/dL, estes são considerados bastante suspeitos de diabetes, porém, o exame também deve ser repetido, em uma outra ocasião.

Hemoglobina glicada

Hemoglobina glicada é um exame para avaliar a fração da hemoglobina (proteína dentro do glóbulo vermelho) que se liga à glicose.

É preciso saber que durante o período de vida da hemácia (geralmente, 90 dias) a hemoglobina vai incorporando glicose, em função da concentração deste açúcar no sangue.

Assim, no caso dessas taxas de glicose estarem altas durante todo esse período ou aumentarem de vez em quando, haverá necessariamente um aumento nos níveis de hemoglobina glicada.

Dessa forma, o exame de hemoglobina glicada consegue mostrar uma média das concentrações de hemoglobina no sangue nos últimos 3 meses .

Os valores da hemoglobina glicada indicam se a pessoa está, ou não, com hiperglicemia.

Valores normais da hemoglobina glicada:

  • Pessoas sadias: entre 4,5% e 5,7%
  • Pacientes já diagnosticados com diabetes:abaixo de 7%
  • Anormal próximo do limite: 5,7% e 6,4% e o paciente deverá investigar para pré-diabetes
  • Consistente para diabetes: maior ou igual a 6,5%

Curva glicêmica

Curva glicêmica simplificada é um exame para medir a velocidade em que, após a ingestão, o corpo absorve a glicose. No exame, o paciente ingere 75g de glicose para que seja feita a medida das quantidades da substância no sangue após duas horas da ingestão.

Esse exame é usado para o diagnóstico, medindo no tempo zero e após 120 minutos.

Os valores de referência são:

Em jejum: abaixo de 100mg/dl

Após 2 horas: 140mg/dl.

Já, a Curva glicêmica maior que 200 mg/dl, após duas horas da ingestão, de 75g de glicose é suspeito para diabetes.

Condições para ser diagnosticada Diabete:

  • Sintomas de urina e sede intensas, perda de peso apesar de ingestão alimentar, com glicemia fora do jejum maior que 200 mg/dl.
  • Hemoglobina glicada maior que 6,5%, confirmada em novo exame.
  • Glicemia de jejum maior ou igual a 126 mg/dl em, pelo menos, duas amostras em dias diferentes.
  • Uma dosagem de hemoglobina glicada associada à glicemia de jejum maior que 200 mg/dl, juntamente com outros sintomas de diabetes.
  • Glicemia maior que 200 mg/dl duas horas após ingestão de 75g de glicose.

No mais, fique atento, e se surgirem sintomas como fome frequente, sede constante, vontade de urinar diversas vezes ao dia, perda de peso, que são os mais comuns no caso do diabetes, procure o quanto antes um médico para que possa fazer o diagnóstico.

4 tratamentos para acabar com estrias vermelhas

Não só a celulite costuma tirar o sono de muitas mulheres, as estrias também são responsáveis por problemas como baixa autoestima e insegurança, que acabam interferindo em sua qualidade de vida.

O fato é que essas marquinhas, que surgem como resultado da ruptura das fibras de colágeno e elastina, possuem diferentes aspectos e tonalidades, podendo ir de cicatrizes mais sutis, até aquelas mais perceptíveis, o que vai depender do tempo de vida delas na pele.

Nesse sentido, as mais recentes, portanto as mais fáceis de tratar, são as estrias vermelhas, que podem ser removidas mais rapidamente com a ajuda de alguns procedimentos.

Dentre as possibilidades de tratamentos das estrias vermelhas, podemos destacar quatro, que prometem acabar com essas cicatrizes na pele de vez! Os tratamentos são:

1) Hidratação

Podemos afirmar, sem medo de errar, que qualquer tratamento passa por uma boa hidratação, e com as estrias não é diferente. Assim, não dá para subestimar esse cuidado simples, mas super eficaz para tratar a pele: a hidratação. Essa hidratação pode ser feita com o uso de cremes como o Famoso Creme para Estrias Silk Skin ou loções com ativos ácidos – como o retinóico ou glicólico – que ajudam a remover as marcas. Mas, atenção, é fundamental que o uso desses ingredientes seja feito com o acompanhamento de um médico dermatologista.

2) Laser

Muito populares, os tratamentos de laser ou luz intensa pulsada agem na camada superficial da pele, ajudando a remover as estrias vermelhas na pele, clareando as cicatrizes. Mas, na hora de optar por esse tipo de tratamento, é fundamental que esse procedimento seja feito com um dermatologista. Dependendo do caso, ele pode associá-lo com o uso de outras terapias, como o peeling, por exemplo.

3) Microagulhamento

Outro procedimento muito indicado para tratar estrias é o microagulhamento, também chamado de Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas (IPCA). Esse procedimento é feito através de uma técnica que por meio de pequenas agulhas, ou mesmo, canetas, que perfuram as camadas da pele, justamente, para estimular o colágeno e, dessa forma, tratar uma série de problemas, como rugas, manchas, cicatrizes e estrias.

4) Peeling

Outro procedimento, muito popular, e que costuma apresentar ótimos resultados e ajudam a clarear essas estrias é o peeling, que pode ser físico ou químico, dependendo dos ativos utilizados no procedimento, e da sua concentração. O tratamento promete renovar e esfoliar a pele, tornando as cicatrizes menos visíveis.

Esses tratamentos, conforme dito acima, são voltados para o tratamento das estrias vermelhas, que são as mais recentes e fáceis de tratar. Para tratar estrias mais antigas e complexas de tratar, como as brancas, são usadas outras técnicas, geralmente associando duas ou mais, tais como: Laser fracionado + subcisão; Radiofrequência; Laser fracionado; Peeling de cobre + Intradermoterapia; Carboxiterapia, entre outras possibilidades.

E é isso, no mais, a recomendação é beber muita água, hidratando de dentro para fora, apostar em uma boa alimentação, praticar exercícios físicos e procurar se manter com o peso estável.

12 maneiras de prevenir varizes

Infelizmente, alguns fatores são “quase” decisivos para o surgimento das varizes, como predisposição genética, oscilação hormonal, entre outros…

Por outro lado, algumas mudanças de hábitos, ou comportamentos, podem sim, ajudar a prevenir o aparecimento das veias dilatadas ou, pelo menos, evitar possíveis complicações.

Lembrando que varizes são aquelas veias, aparentes, de cor azulada, que prejudicam a circulação do sangue.

Assim, as varizes, muito mais do que um simples problema estético, podem doer, arder, dar sensação de peso às pernas, coçar e, dependendo do grau, até levar a úlceras varicosas, mas a boa notícia é que isso pode ser evitado, e é o que mostraremos aqui.

10 maneiras de prevenir varizes

  1. Controlar o peso
    A obesidade aumenta a pressão exercida sobre os vasos, além de favorecer inflamações. Por isso, é fundamental controlar o peso.
  2. Beber água
    Para a saúde em geral, e também para prevenir varizes, é indicado beber muita água, sucos e chás para melhorar a circulação do sangue, pois quanto menor a ingestão de água, maior a viscosidade do sangue, sem falar que a desidratação também facilita a queda da pressão arterial, ameaçando vários órgãos.
  3. Não ficar na mesma Posição

Segundo estudos, trabalhar sentado oito horas por dia aumenta em 10% o risco de morte. É preciso realizar exercícios movimentando os pés a cada hora de trabalho sentado; levantar toda hora e procurar andar um pouco. E quem trabalha em pé, ficando nessa mesma posição por longos períodos, o ideal é fazer pausas para se sentar e levantar os pés.

  1. Se exercitar
    Qualquer exercício, até os de baixo impacto são benéficos, pois a contração da musculatura aumenta a velocidade do fluxo do sangue nas veias, melhorando o retorno do sangue ao coração.
  2. Usar calçados confortáveis

O indicado é evitar, sempre que possível, o uso de saltos altos, procurando alternar a altura: com mais grossos, preferindo os saltos de 3-4 cm para uso diário.

  1. Usar roupas leves
    Calças ou cintas apertadas demais comprimem a barriga e podem prejudicar a drenagem das pernas. Mas não é necessário usar somente roupas largas: o ideal é só evitar aquelas que causam incômodo na hora de sentar.
  2. Usar um creme para varizes
    O creme varizero é super eficiente e um dos mais utilizados por mulheres e homens para amenizar os sintomas das varizes.
  3. Meia elástica
    As meias de compressão, indicadas pelo cirurgião vascular, ajudam a melhorar o retorno venoso.
  4. Comer mais fibras

O bom funcionamento do intestino é fundamental para evitar a pressão sobre as veias do abdômen, causada por prisão de ventre. Por isso, capriche no consumo de fibras, como mamão, legumes, verduras e sementes.

  1. Evitar sol em excesso
    Não apenas o sol, mas sauna, banhos com água quente, tudo isso provoca o aquecimento da pele e a passagem de mais quantidade de sangue pelos vasos da pele, o que acaba fazendo com que dilatem, favorecendo o surgimento de vasinhos em quem tem predisposição.
  2. Evitar cigarro
    A nicotina está ligada à diminuição da espessura dos vasos sanguíneos, sem falar que o monóxido de carbono oferece mais risco por diminuir a concentração de oxigênio no sangue, deixando os vasos mais susceptíveis ao entupimento, possibilitando, até um processo de trombose.
  3. Consultar um médico

O indicado, principalmente, para quem tem predisposição, é visitar anualmente um angiologista.

10 frutas que ajudam a emagrecer

Quer emagrecer mas não sabe por onde começar? Não quer perder peso tendo que fazer grandes sacrifícios?

Então, talvez a solução seja colocar no cardápio diário frutas que favoreçam a perda de peso, mas, claro, desde que consumidas em quantidades adequadas, em lanches ou como sobremesa das refeições principais.

Se você optar por usar algum emagrecedor natural junto com esta dieta de frutas, pode emagrecer ainda mais rápido, o IdealSlim é um que vale a pena tomar, confira agora algumas boas opções em frutas para perder peso:

1. Limão

Com apenas 14 calorias a cada 100 gramas, o limão é bem-vindo em qualquer dieta para emagrecer. Além disso, é diurético, rico em vitamina C, além de um potente antioxidante, ajudando a eliminar toxinas e deixar a pele mais viçosa. E mais, o limão, também, ajuda a reduzir o colesterol e o açúcar no sangue.

2. Melão

Possui apenas 29 calorias a cada 100 gramas, sendo ótimo para dietas para emagrecer, principalmente, por suas propriedades diuréticas, que ajudam a diminuir a retenção de líquido, além de ser rico, também, em potássio, fibras e antioxidantes como a vitamina C, betacarotenos e licopeno.

3. Morango

Com apenas 30 calorias a cada 100 g, o morango é ótima opção para quem quer emagrecer, sendo também rico em compostos bioativos, por seu elevador teor de vitamina C, folato e compostos fenólicos, que proporcionam efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios. Morango também é rico em fibras, o que ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue, além de aumentar a sensação de saciedade, e por ser rico em potássio, ajuda a regular a pressão arterial.

4. Tangerina

Possui 44 calorias a cada 100 gramas, ajudando a emagrecer por ser rica em água e fibras. Rica em vitamina C, a tangerina ajuda a absorver ferro no intestino e fortalecer o sistema imune. E mais, suas fibras melhoram o trânsito intestinal, reduzem a absorção de gordura e ajudam a controlar a glicemia.

5. Mamão

Possui 45 calorias a cada 100 gramas, além disso, é diurético e rico em fibras, o que facilita a eliminar fezes e o inchaço abdominal. O mamão, também, ajuda a controlar a diabete e aliviar os sintomas da gastrite.

6. Pitaia

Possui 50 calorias a cada 100 gramas, é rica em antioxidantes, além de possuir vitamina C, ferro e fibra, entre outros compostos que favorecem a perda de peso, a melhora do sistema imune, o controle do açúcar no sangue e a diminuição da gordura acumulada no fígado.

7. Kiwi

Possui 51 calorias a cada 100 gramas, dentre seus benefícios podemos destacar o combate à prisão de ventre e a capacidade de saciar o apetite, ele de, também, ser rico em vitamina C, e diurético.

8. Pêra

Possui 53 calorias a cada 100 gramas, sendo ótima opção para emagrecer, contendo muitas fibras, que ajudam a melhorar o trânsito intestinal e tirar a fome. Também ajuda a regular os níveis de colesterol no sangue.

9. Maçã

Possui 56 calorias a cada 100g, por isso, também é uma ótima opção para quem quer emagrecer, além de ser uma fruta rica em antioxidantes, conter fibras, que ajudam a regular os níveis de açúcar no sangue, a melhorar a digestão e a diminuir os níveis de colesterol e triglicerídeos. E mais, o consumo regular de maçã ajudar a prevenir o risco de doenças cardíacas, câncer e asma.

10. Mirtilo

Possui apenas 57 calorias a cada 100 gramas, apesar disso, oferece diversos benefícios para a saúde, por seu alto teor de fibras, ajudando a controlar os níveis de açúcar no sangue e a diminuir o colesterol LDL. Mirtilo também é rico em antioxidantes, diminuindo a inflamação do organismo e os danos provocados pelos radicais livres.

Quais os sintomas da diabete?

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, atualmente existem, no Brasil, mais de 13 milhões de pessoas convivendo com a doença, ou seja, cerca de 6,9% da população nacional.

Para quem não sabe, a Diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente de insulina, ou a má absorção desse hormônio, que é o responsável por regular a glicose no sangue, garantindo energia para o organismo.

Então, a diabetes pode causar o aumento da glicemia cujas altas taxas podem levar a uma série de problemas, no coração, nas artérias, nos olhos, nos rins e nos nervos e, em casos mais graves, até à morte.

Tipos mais comuns de diabete

A diabetes pode se apresentar de diversas formas, possuindo diversos tipos diferentes, mas os mais comuns são:

Diabetes tipo 1

A Diabetes do tipo 1 acomete cerca de 90% dos pacientes diabéticos no Brasil, 5% e 10% do total, sendo uma doença crônica não transmissível e hereditária.

Embora a diabetes tipo 1 apareça geralmente na infância ou adolescência, ela pode ser diagnosticado em adultos também.

O ideal é que quem tenha parentes próximos com a doença façam  exames regularmente, para poder acompanhar a glicose no sangue.

O tratamento para controlar a glicose no sangue nesse tipo de diabetes, é feito com o uso diário de insulina e/ou outros medicamentos.

Ainda não se sabe a causa do diabetes tipo 1, por isso, a melhor forma de se prevenir da doença é adotando hábitos saudáveis, investindo e uma boa alimentação e atividades físicas regulares.

Diabetes tipo 2

Já, a diabetes tipo 2 acontece quando o corpo não aproveita adequadamente a insulina produzida, tendo sua causa mais relacionada ao sobrepeso, sedentarismo, triglicerídeos elevados, hipertensão e hábitos alimentares inadequados.

Portanto pode ser tratada mais tranquilamente com remédios naturais que ajudam a diminuir o açúcar no sangue, o GC 99 é super eficiente para isto.

Além disso pode ser tratada controlada tendo uma alimentação mais saudável e fazendo atividades físicas com frequência.

Principais sintomas da Diabete

Sintomas da diabete tipo 1:

  • Fome frequente;
  • Sede constante;
  • Vontade de urinar diversas vezes ao dia;
  • Perda de peso;
  • Fraqueza;
  • Fadiga;
  • Mudanças de humor;
  • Náusea e vômito.

Sintomas da diabete tipo 2:

  • Fome frequente;
  • Sede constante;
  • Formigamento nos pés e mãos;
  • Vontade de urinar diversas vezes;
  • Infecções frequentes na bexiga, rins, pele e infecções de pele;
  • Feridas que demoram para cicatrizar;
  • Visão embaçada.

De uma forma geral, os principais sintomas da diabete são: fome e sede excessiva e vontade de urinar várias vezes ao dia.

Como prevenir

Independente do tipo de diabetes, tanto a tipo 1 como a 2, sem dúvida, a melhor forma de prevenir é praticando atividades físicas regularmente, mantendo uma alimentação saudável e evitando consumo de álcool, tabaco e outras drogas, enfim, adotando hábitos saudáveis.

É preciso considerar que hábitos saudáveis evitam não só a diabete, como também, uma série de outras doenças crônicas, até mesmo, o câncer.

Vale considerar que o diagnóstico precoce é o primeiro passo ter sucesso no tratamento da diabete. Por isso, assim que perceber seus sintomas, procure logo um serviço de saúde, principalmente, se estiver urinando demais e sentindo muita sede e muita fome.

Como vencer o estresse durante a TPM

Para 70% das mulheres todo mês é a mesma coisa, uma enorme irritabilidade, mal humor, dores de cabeça, uma vontade louca de comer doces… pois é, isso nada mais são que sintomas da temida TPM (tensão pré-menstrual).

Infelizmente, todo mês, enquanto para algumas mulheres os efeitos da TPM são quase imperceptíveis, para a maioria, no entanto, eles podem ser bem complicados,  interferindo em seus relacionamentos e até na vida profissional, afetando a qualidade de vida, como um todo.

Quer saber como vencer o estresse e os demais efeitos da TPM? Confira abaixo!

O que incluir na alimentação

Certamente, como já era de se imaginar, a alimentação pode influenciar diretamente na TPM, com alguns nutrientes podendo ajudar, e muito, a passar mais tranquilamente por essa fase, livre do estresse.

Por isso, a dica é usar alguns alimentos para driblar ou reduzir o estresse e os demais sintomas da TPM.

Magnésio

Quer ver o estresse passar longe? Então, não deixe de incluir na próxima lista do mercado aqueles alimentos ricos em magnésio, que quando consumidos com a vitamina B6, ajudam a diminuir o estresse, irritação, mal humor, além de ajudarem a reduzir as dores de cabeça.

Alimentos: beterraba, aveia, abacate e banana

Também inclua na lista alimentos como o salmão, o azeite de oliva e a linhaça, que ajudam a melhorar a circulação e reduzir a sensação de inchaço.

Os vegetais escuros contém bastante cálcio, aliviando cólicas, e os alimentos integrais e as fibras, dão mais disposição e diminuem a fadiga.

Suplementos e produtos naturais como o Laisve também são uma boa opção.

O que evitar na alimentação

Por outro lado, se quer ver o estresse bem longe, é preciso evitar molhos e alimentos ricos em sal, que podem causar retenção de líquidos e aumentar a sensação de inchaço.

E não esqueça de “esquecer” alimentos com muita cafeína, as bebidas alcoólicas, e até os doces, já que causam tensão, além de causarem inchaço das mamas.

E vale repensar o impulso por chocolate, pois ele pode ser uma delícia na hora de comê-lo, mas depois o preço é alto… a dica, portanto,  é caso sinta vontade de comer algum doce, optar por frutas e sucos naturais.

Exercícios físicos

Não é novidade que exercícios físicos fazem bem para a saúde e a mente, e fundamental se evitar o sedentarismo para combater os sintomas da TPM.

Atividades físicas ajudam no combate ao estresse, já que são liberadas as endorfinas, hormônios que proporcionam a sensação de bem estar e causam o relaxamento.

E mais, comprovadamente, as atividades físicas ajudam a aliviar sintomas como cólica e inchaço, embora essas atividades devam ser feitas com moderação pois, do contrário, o efeito pode ser o oposto do esperado, agravando os sintomas.

Ajuda médica

Sem dúvida, é preciso considerar que algumas mulheres sentem os sintomas de forma muito mais intensa, nesses casos, sendo recomendável tratamentos com medicamentos.

Embora a forma mais intensa de TPM atinja apenas uma minoria, caso perceba que precisa de ajuda, converse com seu ginecologista.

Em alguns casos são receitados suplementos ou medicamentos para dor e outros sintomas, de acordo com o tipo de TPM.

Geralmente, os suplementos são recomendados para mulheres que têm uma rotina muito corrida, sem tempo para uma alimentação regrada. Se esse for seu caso, então, a dica é também conversar com seu ginecologista que saberá lhe passar o suplemento adequado para o seu tipo de TPM.

Autoconhecimento

É fundamental você procurar se conhecer, perceber suas sensações e identificar, assim, os sintomas da TPM. Lembrando que cada caso é um caso, sendo importante até registrar cada sintoma para, então, conversar com seu médico.

Lembre-se que nessa fase você pode estar mais sensível e irritada, por isso, caso perceba ser o seu caso, que está começando a perder o controle ou se sentir mal, interrompa o que estiver fazendo, por um momento, e respire fundo.

Já sabe que costuma ficar irritada, então, procure relaxar e não se expor a situações de estresse durante esse período.

No mais, não seja tão rigorosa consigo mesma, tente conhecer melhor seu corpo e entender que está mais suscetível a algumas situações.

E é isso, agora é aproveitar essas dicas e, assim, aliviar os sintomas da TPM, sabendo que eles sempre passam e que seu bem estar é fundamental.

O que é Tabela de Contriuição Mensal ( INSS )

Está aqui querendo saber um pouco mais sobre INSS?

A Tabela INSS 2020 faz parte do INSS – Instituto Nacional de Seguro Social – é um órgão do Ministério da Previdência Social, apesar de ser responsável por inúmeras funções, a mais conhecida entre elas é o procedimento das taxas mensais para aposentadorias bem como, auxilio doença, salário maternidade e outros benefícios previstos perante a Lei.

Para que o empregado receba os benefícios INSS 2020 é preciso que o mesmo deposite uma taxa de contribuição mensal ao INSS, por isso é importante manter-se atualizado em qualquer alteração nas alíquotas – normalmente é no mês de fevereiro que ocorrem as alterações.

Entenda para que funciona as tabelas do INSS

Como normalmente a Tabela INSS é atualizada a cada ano, os trabalhadores que realizam a contribuição mensal com a Previdência Social devem ficar atentos com as alterações, para isso podem consultar o site desta, e manter-se informado sobre os valores de contribuição e o teto do INSS 2020 que estipula o valor de recebimento da aposentadoria a cada ano.

Ao consultar a Tabela 2020 atualizada, encontrará o valor dos pagamentos com os prazos ainda não definidos corretamente, portanto de acordo com o número final do benefício, as datas são variáveis, iniciando no final do mês para os profissionais que recebem somente um salário mínimo e terminando nos primeiros dias do próximo mês.

Para saber corretamente os dados é preciso sempre consultar as tabelas atualizadas, estas informações podem ser encontradas no site do INSS.

Qualquer informação extra pode ser obtida através do contato telefônico ou através de uma visita em uma das agências do Instituto distribuídas pelo Território Nacional.

Tabela de Contribuição Mensal

A tabela INSS 2020 é um meio em que se pode repassar as pessoas os valores de suas contribuições e o teto do INSS. Os funcionários, por exemplo, tem o valor do INSS descontados diretamente na sua folha de pagamento, e os valores a serem descontados vão depender do salário de cada um, e podem variar de 8% a 11%, quanto maior o salário, maior é o desconto, por isso é bom ficar situado nestas.

E aí, gostou das informações? Espero que de alguma form este post possa ter te ajudado.

Page 1 of 2

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén