Se você está cansado de lutar para perder peso e está impaciente para ver alguns resultados, temos uma boa notícia: você tem opções. E aqui está uma notícia melhor: não estamos falando sobre dietas radicais ou fazer horas de cardio.

Em vez disso, tente incorporar uma ou mais dessas técnicas de queima de gordura em sua abordagem abrangente de perda de peso. Nem todos irão funcionar para todos, mas encontrar um que pareça certo e torne este processo difícil um pouco mais fácil – e mais rápido – pode ser uma virada de jogo para você!

Além das dicas abaixo, saiba que a melhor maneira de emagrecer é fazendo o uso de alguma emagrecedor natural como o Lipo Oil Plus que é um produto em gotas 100% natural.

1. Coma As Mesmas Calorias, Mas Em Um Horário Diferente

Se você está falando sério sobre perder gordura, terá que comer para uma perda rápida de gordura. Isso significa consumir menos calorias do que queima a cada dia. Não há como contornar isso! Mas existem várias maneiras de obter essas calorias.

A maneira tradicional de se inclinar para fora era fazer várias pequenas refeições por dia como uma forma de “aumentar” o metabolismo. A maneira da nova escola é comer um número apropriado de calorias, mas apenas dentro de uma “janela” de alimentação limitada, geralmente entre 4 e 8 horas. Essa abordagem, conhecida como jejum intermitente , força seu corpo a usar a gordura corporal armazenada como combustível durante a janela de jejum.

Colocar todas as suas refeições em uma janela de alimentação também permite que você coma refeições um pouco maiores e se sinta mais satisfeito do que se distribuísse suas calorias em, digamos, 15 horas. Isso é ótimo se você é alguém que se sente desapontado com cada refeição insignificante. Esta é uma das razões pelas quais é o favorito de Jim Stoppani , Ph.D.

2. Cuide dos Carboidratos

Abordagens com baixo teor de carboidratos, como a dieta cetônica, estão mais populares do que nunca, mas muitos atletas descobrem que cortar carboidratos transforma seus treinos em festivais de sofrimento totais. Além disso, muitos de nós simplesmente gostam de comer carboidratos – e não há nada de errado com isso! 

Alternar seus carboidratos diariamente, ou “ciclar carboidratos ” , permite que você coma carboidratos suficientes para alimentar ótimos exercícios, enquanto mantém as calorias e os carboidratos em geral relativamente baixos.

Veja como fazer isso:  Use uma calculadora de macro nutrientes para ajustar a ingestão de carboidratos. Então, dois dias por semana – de preferência dias de treinamento intenso – mantenha a ingestão de carboidratos em níveis normais.

 Para ir para o próximo nível, coma a maioria dos carboidratos antes ou depois do treino. Nos outros dias da semana, reduza os carboidratos em aproximadamente 50%. Essa estratégia ajuda a reduzir o armazenamento de gordura em dias de baixo teor de carboidratos e restaura o glicogênio muscular.

3. Aumente A Densidade Do Seu Treino

Você pode perder gordura em um ritmo gradual e sustentável enquanto faz exercícios de levantamento bem simples, como 5×5 e algumas sessões de cardio por semana. Mas se quiser perder gordura mais rápido, você pode se beneficiar de acelerar as coisas e aumentar a queima de calorias durante o treinamento com pesos.

Aqui estão duas maneiras de fazer isso:

  • Aproveite bem os seus períodos de descanso! Gaste-os fazendo trabalho de mobilidade, pliometria leve ou movimentos de força de peso corporal. O treinador de força Todd Bumgardner explica como no artigo ” Como queimar gordura mais rápido em seus exercícios de levantamento de peso ” .
  • Comprometa-se com um plano de treinamento de peso baseado em intervalos de alta energia completo. Os treinos em vídeo no  FYR: Plano de condicionamento físico de 30 dias de Hannah Eden e FYR 2.0: Plano de perda de gordura para construção muscular de 8 semanas de Hannah Eden estão entre os mais populares por um motivo.

4. Combine Variações Cardiovasculares

O debate grassa: treinamento cardiovascular em estado estacionário vs. treinamento intervalado. Qual é o melhor cardio para perda rápida de gordura ? 

Embora o estado estacionário permita uma sessão de queima de gordura mais longa e seja mais fácil de fazer com mais frequência, o treinamento intervalado aumenta sua taxa metabólica e aumenta o EPOC por horas após o término do treino. Qual escolher? Por que não fazer as duas coisas!

Comece com intervalos de 5-6 e, em seguida, passe para mais 20-30 minutos de treinamento em estado estacionário. Isso permitirá que você obtenha todos os benefícios em um treino. Além disso, o cardio em estado estacionário queima ainda mais gordura do que o normal porque os intervalos esgotam seus estoques de glicogênio.