Infelizmente, alguns fatores são “quase” decisivos para o surgimento das varizes, como predisposição genética, oscilação hormonal, entre outros…

Por outro lado, algumas mudanças de hábitos, ou comportamentos, podem sim, ajudar a prevenir o aparecimento das veias dilatadas ou, pelo menos, evitar possíveis complicações.

Lembrando que varizes são aquelas veias, aparentes, de cor azulada, que prejudicam a circulação do sangue.

Assim, as varizes, muito mais do que um simples problema estético, podem doer, arder, dar sensação de peso às pernas, coçar e, dependendo do grau, até levar a úlceras varicosas, mas a boa notícia é que isso pode ser evitado, e é o que mostraremos aqui.

10 maneiras de prevenir varizes

  1. Controlar o peso
    A obesidade aumenta a pressão exercida sobre os vasos, além de favorecer inflamações. Por isso, é fundamental controlar o peso.
  2. Beber água
    Para a saúde em geral, e também para prevenir varizes, é indicado beber muita água, sucos e chás para melhorar a circulação do sangue, pois quanto menor a ingestão de água, maior a viscosidade do sangue, sem falar que a desidratação também facilita a queda da pressão arterial, ameaçando vários órgãos.
  3. Não ficar na mesma Posição

Segundo estudos, trabalhar sentado oito horas por dia aumenta em 10% o risco de morte. É preciso realizar exercícios movimentando os pés a cada hora de trabalho sentado; levantar toda hora e procurar andar um pouco. E quem trabalha em pé, ficando nessa mesma posição por longos períodos, o ideal é fazer pausas para se sentar e levantar os pés.

  1. Se exercitar
    Qualquer exercício, até os de baixo impacto são benéficos, pois a contração da musculatura aumenta a velocidade do fluxo do sangue nas veias, melhorando o retorno do sangue ao coração.
  2. Usar calçados confortáveis

O indicado é evitar, sempre que possível, o uso de saltos altos, procurando alternar a altura: com mais grossos, preferindo os saltos de 3-4 cm para uso diário.

  1. Usar roupas leves
    Calças ou cintas apertadas demais comprimem a barriga e podem prejudicar a drenagem das pernas. Mas não é necessário usar somente roupas largas: o ideal é só evitar aquelas que causam incômodo na hora de sentar.
  2. Usar um creme para varizes
    O creme varizero é super eficiente e um dos mais utilizados por mulheres e homens para amenizar os sintomas das varizes.
  3. Meia elástica
    As meias de compressão, indicadas pelo cirurgião vascular, ajudam a melhorar o retorno venoso.
  4. Comer mais fibras

O bom funcionamento do intestino é fundamental para evitar a pressão sobre as veias do abdômen, causada por prisão de ventre. Por isso, capriche no consumo de fibras, como mamão, legumes, verduras e sementes.

  1. Evitar sol em excesso
    Não apenas o sol, mas sauna, banhos com água quente, tudo isso provoca o aquecimento da pele e a passagem de mais quantidade de sangue pelos vasos da pele, o que acaba fazendo com que dilatem, favorecendo o surgimento de vasinhos em quem tem predisposição.
  2. Evitar cigarro
    A nicotina está ligada à diminuição da espessura dos vasos sanguíneos, sem falar que o monóxido de carbono oferece mais risco por diminuir a concentração de oxigênio no sangue, deixando os vasos mais susceptíveis ao entupimento, possibilitando, até um processo de trombose.
  3. Consultar um médico

O indicado, principalmente, para quem tem predisposição, é visitar anualmente um angiologista.